Links, preciosos links

Essa página aqui é pra reunir as referências mais importantes que abriram minha cabeça, mudaram meu jeito de ver o mundo, me mostraram caminhos!


Espiritualidade:
Pra manter o bonde andando com alegria na vida, eu acho que é essencial sentir duas coisas: gratidão e compaixão! Por isso mantenho perto de mim ONGs que trabalham estendendo a mão para quem precisa muito, em trabalhos assistenciais e de apoio continuado a comunidades para que elas deixem de ser tão vulneráveis. Amo e participo das ONGs Médicos sem FronteirasActionaidFraternidade sem Fronteiras, que me mostram o quanto eu tenho a agradecer na vida e o quanto a gente pode amenizar a dor do outro lhe estendendo a mão, seja por ajuda financeira, como nesses casos, seja com o nosso tempo, em tantas atividades possíveis no bem, conforme as aptidões e gostos de cada um (escrevi aqui sobre apadrinhamento na Actionaid) - exemplos de pessoas que dão seu tempo por um mundo melhor eu encontro em páginas como a Random Acts of Kindness (em inglês), atos aleatórios de bondade - as histórias nutrem o coração e dão ideias de como podemos atuar na nossa comunidade, pra manter o amor como ótica da vida :)
Além disso, bons materiais sobre autoconhecimento são muito bem vindos, por isso acompanho no facebook páginas como a do Prem Baba, Gustavo Gitti, Rafael Klabunde, Flávio Siqueira, Tiago BuenoPortal SEREspiritualidade é AmorFraternidade Espírita Francisco de AssisFlavia Melissa, que compartilham muita reflexão sobre como lidar com nossas emoções, governar nossas escolhas, conectar com o bem!
Outra pra alimentar a alma: eu sugiro seguir os quadrinhos do Armandinho no face. É muito de tudo o que é bom e importante, com a doçura da ótica infantil :)
Acompanho também a página do Documentário A Transição (o documentário em si é interessantíssimo, sobre alimentação prânica... falei disso aqui), que compartilha sobre tuuuudo o que foi comentado aí pra cima! Fico feliz de ver que ter tanta gente fazendo essas conexões entre as boas causas, pois no fim tudo converge para a mesma busca pela consciência do bem de todos... sigamos!!
Empoderamento:
blog da Lola é perfeito pra gente aprender a sentir a dor do outro, perceber o que colocaram na nossa cabeça sem a gente se dar conta e que sustenta a malha do pensamento corrente no mundo. O tema central é feminismo, mas o blog se desdobra em visibilidade a toda luta social, pois ela dá voz a muitas pessoas que relatam suas histórias em guest posts (esse foi um que eu escrevi para o blog dela). A quantidade de conteúdo é imensa pois ela posta todo dia ou quase há anos. Quem nunca aprofundou no tema, feminismo é simplesmente uma ideia de igualdade no que deve ser igual, respeito à diferença no que deve ser diferente, e liberdade à manifestação de si mesmo sem precisar estar fechado no quadradinho do gênero (e serve pra todos, por isso tantos meninos com placas "O feminismo também me liberta" nas manifestações). Como em toda boa ideia, tem pessoas que a manifestam de forma radical ou distorcida, mas é claro que isso não invalida a ideia - então se vc já teve algum preconceito contra o feminismo devido a manifestações duvidosas, olhe de novo com olhos de amor :)
No face, eu sigo o Upworthy, site muito legal (em inglês) divulgando histórias que valem a pena conhecer, em todas as causas do bem possíveis! Na mesma linha, o ATTN:.
Sustentabilidade:
No facebook, tem o Ciclo VivoTeia Orgânica, a página da ONG de permacultura que eu amo DATERRA, todos com divulgação de sustentabilidade, dicas de horta, de como escolher o menos impactante e mais saudável possível com as opções reais :) E a página do coletivo da minha amiga Milena, uma pessoa que já nasceu com a cabeça no novo mundo possível: Kaaete, com informação sobre tudo isso e mais PANCs, permacultura, hortas urbanas, política ambiental... sobre as PANCs e alimentação, o coletivo Other Food tem muita informação linda também!
eCycle tem todo tipo de informação útil pra praticar sustentabilidade, onde descartar, o que é reciclável ou não, notícias, muita muita coisa boa!
PorQueNão? é um lindo projeto de dois irmãozinhos idealistas que passaram um tempo por aí conhecendo projetos legais de pessoas que já estão buscando saídas para o nosso mundo, e agora estão botando aprendizados em prática, sigo eles no face tb.
Um grupo do facebook muito úteis é o Cultivo Orgânico, em que se formou uma rede de apoio maravilhosa a quem está plantando sem veneno.

Saúde - orgânicos, alimentação crua
Dentro do veganismo, ainda, existe uma infinidade de formas da pessoa escolher comer, e eu tenho ultimamente buscado maximizar meu consumo de orgânicos e de alimentos crus.
Sobre orgânicos, danos para a saúde e a urgência em mudarmos nossa política pública, que é totalmente permissiva e deixa que a nossa mesa viva cheia de veneno, minha visão sobre o assunto ampliou muito depois de um seminário do qual participei na Unisinos (post sobre isso aqui), em que foi lançado o Dossiê Abrasco, uma completíssima revisão bibliográfica e estudo sobre impactos dos agrotóxicos. O Dossiê é enorme, tem 700 páginas e está disponível online, juntamente de vários vídeos pertinentes, uma coleção maravilhosa de documentários. Essa é uma questão transdisciplinar - é saúde, é política, é ambiente, é social, e a página do dossiê abrange tudo isso.
Sobre alimentação viva, esse é um mundo bem fora do padrão e muito interessante, sou uma entusiasta da riqueza do alimento cru e germinado em energia vital, digestibilidade, alcalinidade e da importância de tudo isso para que nos sobre energia para outras coisas além de digerir. É uma ótima opção também pelos danos que essa forma de alimentação evita - compostos tóxicos quando se esquenta óleo, acrilamida do trigo assado, picos glicêmicos, enzimas desnaturadas pelo calor e dificuldade de digestão (escrevi sobre isso aqui). Tudo isso tem relação direta com saúde e reversão de doenças de natureza inflamatória, cardiovasculares, câncer... a vida em sociedade não ajuda muito, mas dentro do que for possível pra nós, é legal puxar nossas escolhas pra esse lado. Depois de muitos testes, vi que pra mim o alimento germinado e o excesso de fibras é bem indigesto, me causa um super inchaço, descobri que algumas pessoas tem essa dificuldade - nesses casos, o suco verde coado é muito bom, assim como vegetais e frutas menos fibrosos.
Dr. Alberto é uma pessoa com bastante autoridade na área e defende há muito tempo a alimentação viva, ele escreveu um livro chamado Lugar de Médico é na Cozinha, é ativista por todas essas coisas que andam juntas, saúde, promoção da produção orgânica, justiça social, veganismo...
Doce Limão, da Conceição Trucom, é cheio de informação técnica e dicas de como viver mais saudável, ela é química e busca escrever de forma bem embasada, com décadas de trabalho na área do alimento vivo e cru.
O blog Panelas de Capim é muita lindeza e informação sobre alimentação viva, a Aline que o escreve é uma pessoa tão linda e com uma ótica e prática tão globais de amor pela natureza! 
Receitinhas tem aos montes também no google :)
O documentário O Milagre Gerson fala sobre a terapia Gerson de combate ao câncer através da alimentação crua. Fica o link e o convite a vc tecer suas próprias conclusões :)
Vegetarianismo - informação transformadora:
Aos que tem Netflix: assistir Cowspiracy muda a vida, simples assim. Aborda mais as questões ambientais vinculadas ao consumo de carne.
Essa palestra do TED da Melanie Joy (bem rápida, 18 min) é a abordagem mais técnica que eu já vi para a questão da alimentação com produtos de origem animal. Ela desenvolveu uma teoria interessantíssima sobre como essa alimentação é um sistema de crenças, visto que é uma escolha (já que ninguém morre sem comer carne-ovo-leite), assim como o veganismo é um sistema de crenças que motiva uma escolha. A questão é que é um sistema de crenças tão dominante que as pessoas nem se dão conta que ele existe, ninguém nos pergunta quando a gente é criança se a gente escolhe comer carne ou não, a ideia de que comer carne é necessário pelas proteínas é geral. É uma crença tão enraizada na sociedade, que é generalizada mesmo indo contra o nosso senso natural de gostar de animais. Desde crianças temos esse amor natural adormecido para as espécies "comestíveis", a parte sofrida da produção de carne é devidamente escondida, tudo para que a gente consuma sem questionar. Ela chama este sistema de crenças de carnismo. É muito bom!
O Gary Yourofsky é uma pessoa bem polêmica e ele é (ou já foi; não sei o que ele tem feito hoje) ativista animal na base do confronto direto... não é bem o meu tipo de atuação kkk mas essa palestra é uma ótima compilação de informação para uma pessoa poder decidir o que fazer a respeito dos fatos que envolvem o consumo animal, com informação sobre ética e o sofrimento escondido, nutrição e impacto ecológico
Essa palestra da Sônia T Felipe é focada no consumo de leite e laticínios.

Vegetarianismo - como mudar
Uma vez que a gente já esteja motivado pela informação, eu acho essencial para a mudança de hábitos a pessoa se cercar de informação para reforçar muito seu senso ético e não "cansar" o idealismo diante das resistências das pessoas próximas, as dificuldades logísticas; tb acho importantíssimo estabelecer rede, entrar em contato com outros vegetarianos via virtual, já que na vida real a experiência mais frequente da galera é não ter muita companhia; e, por fim, também é importante achar as alternativas alimentares para ver que existem pratos deliciosos além do que é de origem animal. Pra mim, pra tudo isso que listei como importante, a internet teve papel crucial. Me deu receitas, me deu força pra escolha ética, não me deixou sentir isolada.
Pra quem quer usar o facebook pra se conectar com a mudança, tem muita coisa - as de informação geral, Veganos - a revolução começou, Anonymous Vegan Brasil, Vegan Outreach, Veggo; as páginas locais, pra saber os eventos e restaurantes da sua região - aqui eu sigo o Porto Alegre Vegan, o Opções Veganas em Porto Alegre, o Vegetarianos/Veganos - RS, e a partir desses passei a seguir páginas de restaurantes locais também (quem for de Porto e região e quiser dicas, só pedir!); e as engraçadinhas pra gente dar risada, Vegan SidekickVeganos Insanos, (hilárias, bom pra desopilar o coração depois daquele colega de trabalho passar todo o tempo da festinha de aníver de outro colega te enchendo pq vc vai ficar desnutrido, pq vc é radical, pq as plantas tb sofrem, etc etc). 
"Ah, ótimo. Quem convidou o herbívoro?" "Eu trouxe homus!"
O portal Vista-se tem um volume massivo de informação, notícias, links, no fim da página inicial uma lista de sites de ativismo associados e informação a respeito dos argumentos contra o veganismo. Nos mesmos moldes é o Cultura Veg.
O Veganagente é um site lindo, completo, desde dicas para se tornar vegano a apoio nas situações difíceis a receitas categorizadas... é muito amor!
Tem várias páginas com receitas, se pesquisar no google "receitas vegetarianas" dá pra cozinhar ao infinito e além :-D Quem quiser dicas mais específicas, pergunte! Eu descobri minha veia culinária quando fiquei vegana e já testei bastante coisa!
Saindo uma pizza vegana, galera! (#euqfiz)
P.S.: Essa é a primeira versão dessa página, que esteve no lugar do conteúdo acima de 2015 a 2016.

2 comentários:

  1. Te admiro muito pelo caminho percorrido em apenas um ano. Sempre acreditei que consciência é tudo, e que temos muito a percorrer sempre. Felicidades.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sueli, obrigada pelo carinho! Não há dúvidas de que nada muda de verdade se não começar pela consciência, e a espiral é infinita - quanto mais consciência, mais vemos o que antes ainda não tínhamos condições de ver, e mais encontramos onde melhorar. Abraços!

      Excluir